AFOCEFE-SINDICATO TEM NOVA DIRETORIA ELEITA POR ACLAMAÇÃO

IMG_20161019_201411069

Na última quarta-feira, em Porto Alegre, ocorreu a posse da nova diretoria do Afocefe (Sindicato dos Técnicos Tributários do Rio Grande do Sul) para o triênio 2016-2019, eleita por aclamação. No evento, compareceram mais de 60 autoridades da sociedade gaúcha, inclusive o Secretário Adjunto de Fazenda do Estado, Luiz Antonio Bins e o Subsecretário da Receita Estadual, Mário Wunderlich dos Santos. Em seu discurso, o Presidente eleito Carlos De Martini Duarte afirmou que a crise que o Estado brasileiro vive é de receita e o culpado é o modelo adotado pelas administrações tributárias. O mesmo ainda defendeu a necessidade de continuar e fortalecer as fiscalizações ostensivas, que trazem retorno imediato aos cofres públicos, a exemplo do que é feito nos Estados do Ceará e Pernambuco, que já obtiveram grandes resultados em suas receitas através do controle das fronteiras e fiscalização de mercadorias em trânsito.

 O Afocefe, através do sonegômetro, conseguiu grandes vitórias, como sensibilizar o governo para a contratação de mais Técnicos Tributários para o combate à sonegação fiscal, que no Rio Grande do Sul já beira os 6 bilhões de reais. Também permitiu, através desta ideia, que a sociedade refletisse e discutisse melhor as soluções para a crise que vive o país, entre elas obter mais recursos sem criar novos tributos, o que é louvável em um país como o nosso que possui uma carga tributária altíssima.

O presidente da Febrafisco, Germano Soares, esteve presente à solenidade de posse e externou suas felicitações: “A diretoria do AFOCEFE-SINDICATO está de parabéns pela decisão de implantar o sonegômetro no Estado do Rio Grande do Sul. Agora a população tem uma clara percepção do quanto deixa de ingressar nos cofres públicos, fruto da sonegação fiscal. Desejo sucesso à diretoria eleita.”

IMG_20161019_201444518IMG_20161019_140449247IMG_20161019_192042204IMG_20161019_122323368IMG_20161019_122426859

Publicado em Notícias gerais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *