Diretoria Executiva do SITESP repudia atos de assédio moral na SEFAZ/SP

A Diretoria Executiva do SITESP tem recebido inúmeras reclamações de Técnicos da Fazenda Estadual de São Paulo, que estão sendo coagidos e até humilhados em público por estarem mobilizados em suas unidades.

Contribuintes e cidadãos que estão à espera de atendimento, cientes de que os atos coordenados pelo SITESP tem por objetivo a busca por melhorias para a carreira e para os serviços ali prestados, estão indignados com as cenas que tem presenciado e tem gravado em seus “smartphones” áudios e até vídeos de situações constrangedoras de colegas de trabalho sem ética e sem equilíbrio emocional, desrespeitando Técnicos da Fazenda Estadual de São Paulo, sem levar em conta que outras pessoas, servidores de diversas carreiras e usuários dos serviços oferecidos pela SEFAZ assistem a tudo como se fosse um espetáculo de horror gratuito.

É inadmissível que um servidor público seja humilhado ou agredido verbalmente em sua unidade de trabalho. Se fatos assim estão ocorrendo em sua unidade, denuncie imediatamente!

O ASSÉDIO MORAL É INADMISSÍVEL, INDEPENDENTE DE ONDE SEJA, QUANTO MAIS EM UMA REPARTIÇÃO PÚBLICA ESTADUAL, ONDE CONTRIBUINTES, CONTABILISTAS, ADVOGADOS E CIDADÃOS SE DIRIGEM PARA TER UM ATENDIMENTO DIGNO E RESPEITOSO POR PARTE DAQUELES QUE ALI TRABALHAM E SÃO PAGOS COM O DINHEIRO DOS IMPOSTOS ARRECADADOS POR TODA SOCIEDADE.

Antes de serem Técnicos da Fazenda Estadual de São Paulo, são seres humanos, com famílias, amigos, e não irão permitir que esse tipo de situação ocorra, venha ela de onde vier.

Caso você esteja sofrendo situações semelhantes, seja de quem for, adote os seguintes procedimentos:

1 – Se possível, grave em seu telefone a situação (áudio ou vídeo), ou verifique se alguém que estava na espera gravou (como já ocorreu);
2 – Faça um relatório dos fatos, assine conjuntamente com duas (02) testemunhas,
3 – Encaminhe para o SITESP, via correio para que as providências judiciais cabíveis sejam adotadas imediatamente.

ASSÉDIO MORAL É CRIME!! NÃO VAMOS ADMITIR ESSE TIPO DE CONDUTA COM NOSSOS COLEGAS.

Publicado em Notícias dos filiados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *