EM RONDÔNIA, VICE-PRESIDENTE NACIONAL DA PÚBLICA É RECEBIDO PELO PRESIDENTE DA FEBRAFISCO E AMBOS PROMOVERAM REUNIÃO COM SINDICATOS

Na última quinta-feira, dia 17/11/2016, o Vice-Presidente Nacional da PÚBLICA-CENTRAL DO SERVIDOR, OGIB TEIXEIRA DE CARVALHO FILHO, esteve em Rondônia para explicar o que é a instituição e qual a sua principal missão. O Presidente da FEBRAFISCO, Germano Soares, atual representante da PÚBLICA em Rondônia, recepcionou o vice-presidente e convidou vários sindicatos do Estado para participarem de uma reunião de apresentação da mesma. Estiveram presentes na ocasião, os seguintes sindicatos: SINDLER, SINTEC, SINDSAÚDE, SINTRAER, SINSEMPRO, SINPEC, SINDER, SINSDET, SINDSPREV.

Inicialmente, OGIB TEIXEIRA, apresentou-se como servidor de carreira da Câmara Federal (Consultor Legislativo) e atual Presidente da FENAFIRC (FEDERAÇÃO DOS SINDICATOS DOS SERVIDORES DOS ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS DE FISCALIZAÇÃO, INVESTIGAÇÃO, REGULAÇÃO E CONTROLE). Em seu discurso, disse que a PÚBLICA surgiu como fruto de um grande anseio dos servidores públicos do Brasil inteiro de ter uma entidade que compreenda melhor as necessidades do serviço público e do servidor, que possui uma legislação própria e linguagem própria.

Nas outras centrais, o servidor aparece como minoria e, às vezes, em conflito de interesse com trabalhadores da iniciativa privada, como é o caso envolvendo a terceirização. A nova central vem para dar mais atenção às causas dos servidores públicos, deixando-os em primeiro plano e unindo todas as categorias do Brasil em defesa dos direitos conquistados nas últimas décadas. Por ser uma instituição nova, todos os novos filiados poderão contribuir, significativamente, para a postura definitiva da entidade, inclusive integrando sua diretoria. De acordo com OGIB, a CENTRAL é apartidária e se manterá focada na defesa dos direitos dos servidores e no combate às reformas atuais, que visam o desmonte e a precarização do SERVIÇO PÚBLICO. Combaterá ainda a PEC 055, bem como o excesso de cargos comissionados na administração pública, dentre outras medidas.

Publicado em Notícias gerais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *