Governador do Paraná assina decreto do reajuste de 10,67% no salário dos servidores

O Governador do Estado do Paraná, Beto Richa, assinou no dia 11 de janeiro o decreto do reajuste de 10,67% nos salários dos servidores públicos ativos, inativos e pensionistas do Poder Executivo. O reajuste é referente ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) integral de 2015.

A esse índice soma-se o aumento salarial de 3,45% concedido em outubro, resultado do IPCA de maio a dezembro de 2014. O aumento será pago já na folha de janeiro. Além do reajuste, Richa anunciou o pagamento do terço de férias aos servidores, já com o ajuste de 10,67%.

“Enquanto outros estados e a própria União encontram dificuldades financeiras para honrar compromissos, o Paraná consegue importantes avanços na valorização dos servidores, graças ao ajuste fiscal que começou em 2014 e que contou com a colaboração do funcionalismo público e de toda a sociedade paranaense”, disse Beto Richa.

O governador falou do momento econômico nacional e disse que o ajuste fiscal preparou o Paraná para enfrentar a crise financeira, que atinge boa parte dos estados brasileiros.

“Fechamos o ano com as contas em dia e com caixa para fazer importantes investimentos e reajustes aos servidores. É uma demonstração inequívoca de que o Paraná fez o dever de casa e tem hoje a melhor situação fiscal do Brasil”, afirmou.

Richa agradeceu a participação da sociedade no ajuste fiscal e destacou que o governo reduziu as despesas públicas em 9%.

“Fizemos nossa parte, reduzindo gastos de custeio, cortando mil cargos comissionados e secretarias. Medidas de austeridade serão constantes na nossa administração. Queremos fazer mais, com menos recursos”, ressaltou o Governador. 

RECOMPOSIÇÃO

A recomposição dos ganhos dos servidores, com pagamento de promoções e progressões para diversas carreiras, uma reivindicação nas reuniões mensais entre o Fórum das Entidades Sindicais, a Secretaria da Administração e da Previdência e representantes de outros órgãos do Estado, foi atendida pelo atual governo.

Somente em 2015, o pagamento desses benefícios somou mais de R$ 273,3 milhões. Além disso, o governo antecipou em dez dias a data limite do pagamento do décimo terceiro salário em dezembro do ano passado.

“A reposição salarial consagra todo o esforço do ajuste fiscal, é uma vitória do governo, principalmente considerando a conjuntura”, afirmou a secretária da Administração e da Previdência, Dinorah Nogara. “A medida atende as reivindicações dos servidores e nos deixa com o sentimento de dever cumprido”, disse.

IMPACTO

O impacto total do reajuste na folha de pagamento do Poder Executivo será de cerca de R$ 151 milhões, dos quais R$ 93,5 milhões referem-se aos 187.972 cargos de servidores ativos. O secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, afirmou que o valor aplicado pelo governo estadual com funcionalismo em 2016 será de R$ 21 bilhões.

“Isso só foi possível graças ao ajuste e orçamento equilibrado que elaboramos. Hoje, o Paraná está com todas as contas em dia e preparado para enfrentar a crise econômica nacional”, afirmou o secretário.

AUMENTO REAL

Desde 2011, destacou Richa, o Governo do Paraná ampliou o poder aquisitivo dos servidores com aumentos acima da inflação para quase todas as categorias do funcionalismo público, particularmente professores, policiais e profissionais da saúde. Com o aumento de 10,67%, a média linear de reajuste ao funcionalismo, em cinco anos, chega a 84,9%. O que resultou em um aumento real, já descontada a inflação medida pela IPCA no período (40,61%), de 31,5% para os servidores. Na prática, isso significa que o funcionalismo paranaense teve um aumento de poder aquisitivo de 25,5% nesse período.

Já no governo federal, nesse mesmo período, o reajuste nominal foi de 30%. Descontada a inflação, de 40,61%, o poder aquisitivo dos servidores federais registrou queda de 7%.

CONTRATAÇÕES

A valorização dos servidores não ficou apenas na questão salarial. Foram feitas grandes contratações, recuperando a defasagem de profissionais, particularmente em áreas de atendimento direto à população. Também foram adotados planos de carreira para diversas categorias, com ajustes em tabelas salariais, e criado o novo Quadro Próprio dos Servidores da Saúde (QPPS).

PRESENÇAS

Estiveram presentes na assinatura do decreto do reajuste salarial aos servidores a vice-governadora Cida Borghetti, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Luiz Claudio Romanelli, além de deputados estaduais, secretários.

Governo abre o orçamento de 2016 

Além de garantir o pagamento em dia e honrar os reajustes salariais acordados com os servidores, o Governo do Paraná abriu nesta segunda-feita o orçamento 2016, que prevê investimentos de cerca de R$ 8 bilhões.

“É o maior investimento da história do Paraná. Isso representa mais obras e ações públicas para melhorar a qualidade de vida dos paranaenses”, afirmou nesta segunda-feira (11) o governador Beto Richa, em ato no Palácio Iguaçu.

O governador citou, ainda, indicadores que mostram o bom desempenho da economia paranaense. O Paraná foi classificado como segundo estado mais competitivo do Brasil, atrás apenas de São Paulo. O ranking de competitividade, elaborado pelo Centro de Liderança Pública, em parceria com a consultoria Tendências e com a Economist Intelligence Unit, divisão de pesquisas e análises do mesmo grupo que edita a revista The Economist, foi publicado pela revista Veja no início de janeiro.

Em novembro de 2015, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) também divulgou levantamento apontando o Paraná como a quarta maior economia do País, ultrapassando o Rio Grande do Sul.

“São indicadores e institutos importantes que mostram a evolução econômica e social do Paraná”, afirmou o governador Beto Richa.

Fonte: SINDIFAZCRE-PR

Publicado em Notícias dos filiados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *