História

A FEBRAFISCO – Federação Brasileira de Sindicatos das Carreiras da Administração Tributária da União, dos Estados e do Distrito Federal é uma federação de âmbito nacional que congrega sindicatos das categorias integrantes de Carreiras Típicas de Estado da Administração Tributária da União, dos Estados e do Distrito Federal.

A FEBRAFISCO foi criada com o objetivo de fazer frente às constantes alterações legislativas promovidas pela União e as Unidades Federativas, quase sempre no sentido de retirar direitos e atribuições típicas de Estado de cargos historicamente pertencentes às Administrações Tributárias, nem sempre observando os princípios da Administração Pública e principalmente do “interesse público”. A FEBRAFISCO está em constante crescimento e a cada dia é mais reconhecida como a legítima representante das Carreiras da Administração Tributária da União, dos Estados e do Distrito Federal, com uma ampla atuação no Congresso Nacional, junto aos Executivos da União e dos Estados Federados.

A FEBRAFISCO foi fundada no dia 14 de fevereiro de 1992, em Brasília/DF, nas dependências do Hotel Aracoara. Naquela oportunidade, a FEBRAFISCO foi denominada FENAFAZ (Federação Nacional de Associações e Sindicatos de Funcionários das Secretarias Estaduais de Fazenda). Estiveram presentes neste ato memorável representantes do SINTAF-RO (Sindicato dos Auditores Fiscais, Agentes Fiscais de Rendas, Arrecadação e Tributação de Rondônia), SIFAM (Sindicato dos Fazendários do Amazonas), ASSEFAZ-AL (Associação dos Servidores da Secretaria da Fazenda de Alagoas), ASASF-MS (Associação dos Servidores Administrativos da Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso do Sul), SINDAF-GO (Sindicato dos Agentes Fazendários de Goiás), AFOCEFE-RS (Associação dos Funcionários de Órgãos Centrais da Fazenda Estadual do Rio Grande do Sul) e SINTAF-RS (Sindicato dos Técnicos em Apoio da Secretaria de Estado de Fazenda do Rio Grande do Sul).

Posteriormente, ações externas fizeram com que alguns filiados se desligassem da Federação, vindo a inviabilizar seu regular funcionamento. A então FENAFAZ permaneceu inativa por muitos anos, até que em 17 de dezembro de 2010, durante o I CONSAT (I Congresso dos Servidores da Administração Tributária do Amazonas), realizado em Manaus/AM pelo SIFAM, a pauta sobre a organização dos sindicatos de servidores da Administração Tributária da União, dos Estados e do Distrito Federal em formato de federação foi discutida. Deste debate resultou a ideia de reativar a FENAFAZ, sendo assim, os sindicatos fundadores resolveram reativá-la no dia 17 de fevereiro de 2011, em memorável reunião ocorrida na sede do SINDIRECEITA Nacional, em Brasília/DF. Após a adesão dos sindicatos de Minas Gerais (SINFFAZ), Rondônia (SINTEC-RO), Alagoas (SINDAF-AL) e Distrito Federal (SINDFAZ-DF), a federação promoveu substancial alteração estatutária, quando em 31 de maio de 2011 a federação passou então a denominar-se FEBRAFISCO.