NOTA DE REPÚDIO AO REPÚDIO

A FEBRAFISCO – Federação Brasileira de Sindicatos das carreiras da Administração Tributária da União, Estados e Distrito Federal, juntamente com seus sindicatos filiados, vem manifestar a sua discordância quanto ao conteúdo da moção de repúdio editada pela federação irmã – FENAFISCO – contra o nosso sindicato filiado, o SINFFAZFISCO-MG.

A moção foi emitida sem ouvir a FEBRAFISCO, portanto, a FENAFISCO privou-se de ter acesso a informações que, se conhecidas, poderiam ter mudado o teor do texto, ou mesmo levado à conclusão de que o mesmo não era conveniente.

O Inciso III do Artigo 8° da Constituição Federal – citado na moção – deveria antes ter sido debatido e discutido na 175ª reunião da FENAFISCO, com a profundidade e conhecimento de causa que o caso requer, principalmente em relação ao SINDIFISCO-MG, o sindicato denunciante, pois o nosso filiado – SINFFAZFISCO-MG – tem sido vítima constante de ataques ferozes perpetrados pelo SINDIFISCO-MG, algo em torno de DUAS DEZENAS (clique aqui para ver a tabela) de ações eivadas de condutas antissindicais, algumas, inclusive, com o teor exatamente igual à aludida nota de repúdio ora atacada, que fustigam a Administração de MG com denúncia vazia desde 2013 na tentativa de perseguir e criminalizar a ação de dirigentes do SINFFAZFISCO-MG.

A terceira Lei de Newton – Ação e Reação – ensina-nos que para toda ação existe uma reação, de força equivalente e em sentido contrário. No caso específico foram várias ações que culminaram numa reação na mesma proporção da ação sofrida, não sem antes um armistício ser proposto pelo próprio Governo, através da SEPLAG – Secretaria de Gestão e Planejamento de MG, tentando colocar na mesma mesa de discussões o SINFFAZFISCO-MGSINDIFISCO-MG,   cujo convite fora sumariamente declinado pelo sindicato filiado à FENAFISCO.

Há uma enorme distância entre discursos e práticas. Lamentavelmente, há pessoas e entidades que ainda não se acostumaram com o Estado Democrático de Direito. Vale ressaltar que o interesse púbico e a liberdade sindical estão acima de qualquer sentimento pessoal.

Afinal, mais danos causa um pseudo-republicano que um golpista ditador, pois as ações típicas de camaleão, que muda de cor de acordo com a situação, não têm mais espaço em uma sociedade moderna, na qual o princípio da transparência trouxe luz para impedir que atitudes sombrias prevaleçam.

 

assinatura GERMANO

Antonio Germano Torres Soares

Presidente da FEBRAFISCO

Publicado em Notícias gerais.

1 Comentário

  1. Pingback: SINFFAZFISCO se defende de ações antissindicais - SFF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *