O Dia do Aposentado marca a luta dos Analistas-Tributários contra o fim da cobrança previdenciária

Hoje, dia 24 de janeiro, comemora-se no Brasil o Dia Nacional do Aposentado. Uma data importante que marca a luta dos trabalhadores que ajudaram a construir o País e que foi escolhida como forma de reforçar a importância da assinatura da Lei Eloy Chaves que, em 1923, criou a caixa de aposentadorias e pensões para os empregados de todas as empresas privadas das estradas de ferro. Foi, portanto, um marco histórico do processo de construção do sistema de Previdência Social do País.

Nesta data, a Diretoria Executiva Nacional do Sindireceita parabeniza todos os Analistas-Tributários aposentados e pensionistas que lutaram para construir a história da Receita Federal do Brasil, transformando-a em uma referência no serviço público. Datas comemorativas como esta também servem para reavivar o espírito de luta de todos nós e reforçar o compromisso do Sindireceita com os nossos aposentados e pensionistas.

Ao celebramos o Dia do Aposentado, criado como um marco do início do modelo de Previdência brasileiro, não há como não fazer uma vinculação direta com a luta que todos nós travamos hoje. Vivemos um momento de grande expectativa em torno do resgate de um direito dos aposentados do serviço público. Nossa pauta prioritária para 2014 está diretamente associada a aprovação de uma Proposta de Emenda Constitucional, a chamada PEC 555, que está tramitando desde 2006 na Câmara dos Deputados com o objetivo de extinguir a contribuição previdenciária de aposentados e pensionistas do setor público. Lutamos juntos contra uma injustiça perpetrada contra aqueles que construíram as bases do serviço público deste País.

A memória é um instrumento poderoso e serve, principalmente, para manter e reavivar a chama da esperança. Assim, ao lembramos da Lei de 1923, reforçamos a importância da garantia da dignidade aos servidores que construíram o Estado brasileiro, conforme asseverou em discurso na Câmara, Eloi Chaves ao apresentar seu projeto há 91 anos.

“Na vida moderna não se compreende progresso sem os trabalhadores, que constituem o sistema circulatório das nações, na paz como na guerra.
O homem não vive só para si e para a hora fugaz, que é o momento de sua passagem pelo mundo.
Ele projeta sua personalidade para o futuro, sobrevive a si próprio, em seus filhos.
Seus esforços, trabalho e aspirações devem também visar, no fim da caminhada, o repouso e a tranquilidade.”

Parabéns a todos os Analistas-Tributários aposentados e pensionistas.

Nossa luta se inspira em seus esforços e nossa vitória será uma homenagem a todas as senhoras e senhores.

Diretoria Executiva Nacional do Sindireceita

fonte: SINDIRECEITA

Publicado em Notícias gerais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *