Prevaleceu a razão e a moralidade

Após a denúncia feita pelo Sindireceita ontem, dia 20, a administração da Receita Federal do Brasil (RFB) cancelou a posse coletiva dos Auditores-Fiscais, que estava prevista para ocorrer em Brasília/DF e que geraria despesas aos cofres públicos com deslocamento dos empossados até a unidade de exercício, além de gastos com diárias. Ao retomar o bom senso, a administração dará posse aos novos servidores na mesma unidade onde estes passarão a desempenhar suas devidas funções, assim como sempre foi no âmbito da Receita Federal. 

Mas, infelizmente, é impossível não lamentar a absoluta falta de sensibilidade da Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas (Cogep) da Receita Federal. Além do desrespeito com o dinheiro público, a atitude demonstra a absoluta incoerência da Administração. Ao longo de 2012 ações de repressão foram afetadas pela falta de recursos para custear, justamente, o deslocamento de servidores. Todos que trabalham na Receita Federal também sabem das limitações que existem no órgão para a realização de treinamento de pessoal e os prejuízos que essas restrições geram. 

Foram esses motivos, somada a tentativa de se criar uma diferenciação artificial destes servidores com os demais da Carreira de Auditoria da Receita Federal do Brasil, que geraram na Diretoria Executiva Nacional do Sindireceita e na categoria profunda indignação. Não é mais possível conviver com essas práticas. A Receita Federal não pode mais ser usada dessa forma. Um órgão essencial ao funcionamento do Estado brasileiro não pode ser gerido com tamanha falta de compromisso com a transparência e a eficiência. Não se pode mais conviver com todo esse distanciamento das boas práticas de gestão. Mais uma vez, uma decisão descabida compromete a imagem dessa instituição que um dia foi vista como um centro de excelência no serviço público. 

A Diretoria Executiva Nacional do Sindireceita continuará atenta e, sempre que considerar necessário, fará as devidas cobranças. Somos uma entidade sindical que luta em defesa dos Analistas-Tributários, mas também temos a consciência que nosso papel não se encerra na defesa dos justos interesses de nossos filiados. Lutamos por uma Receita Federal mais forte e justa, assim como temos também um compromisso com a sociedade brasileira.

Fonte:SINDIRECEITA

Publicado em Notícias gerais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *