Reforma da Previdência Social é debatida na sede da OAB Nacional

Reforma da Previdência Social é debatida na sede da OAB Nacional

SindFaz/DF e Febrafisco participam das discussões do conjunto de propostas que serão apresentadas pelas entidades à PEC 287 do Governo Federal. Dando continuidade as discussões da Reforma da Previdência Social, nesta terça-feira (31/01), o Sindicato da Carreira Gestão Fazendária do DF – SindFaz/DF e a Febrafisco, compareceram a reunião organizada pela Ordem dos Advogados do Brasil – OAB Nacional, em sua sede, a fim de contribuírem com as propostas que serão apresentadas à PEC 287 do Governo Federal. Entidades representativas de várias classes trabalhistas também participaram do encontro.

Para o presidente do SindFaz/DF e diretor financeiro adjunto da Febrafisco, Helvécio Santana, as propostas devem atender principalmente o servidor público. “Não vamos deixar que o governo imponha à sua vontade. Temos que fazer com que nos ouçam também. Os direitos adquiridos dos servidores públicos têm que ser respeitados e mantidos”, argumenta Helvécio.

Helvécio Santana ressalta que o tema está na pauta da Assembleia Geral Extraordinária-AGE do SindFaz/DF que ocorrerá no próximo dia 2 de fevereiro de 2017, às 9h30, no auditório do Ed. Vale do Rio Doce.

O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, destacou que o encontro de hoje é um evento propositivo, de construção e colaboração para uma reforma que não seja a do retrocesso, mas sim do respeito à sociedade e à cidadania. “O recado do povo é claro: queremos participar e não aceitamos ideias prontas que acarretem prejuízos a nós”, disse.

Palestra

Na ocasião houve a palestra do especialista Eduardo Fagnani que apresentou o estudo “Previdência: reformar para excluir?”. Ele enfatizou que “o que está em jogo é a destruição do pacto social de 1988. Essa reforma se insere num escopo de austeridade econômica que retira do cidadão muitos direitos”.

Foi apresentado o site Pela Verdade na Previdência (www.pelaverdadenaprevidencia.org.br), que, em linhas gerais, atenta para o fato de que 100 milhões de pessoas serão prejudicadas pela Reforma da Previdência Social.

Nos próximos dias será formulada a proposta legislativa oficial desses encontros, com a contribuição de todas as entidades participantes.

(Comunicação SindFaz/DF com informações do site da OAB Nacional)

Publicado em Notícias gerais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *