Sindicalistas visitam novos chefes da PGE e cobram mudanças em Leis estaduais

Um grupo de sindicalistas de entidades representativas do serviço público estadual estiveram na segunda-feira 7 na Procuradoria Geral do Estado onde foram recebidos pelo novo procurador geral do Estado, Juraci Jorge e pelo procurador-adjunto Leri Silva.

A visita teve dois objetivos: as felicitações da categoria pela posse dos novos representantes em cargo de chefia na PGE e uma reunião de trabalho para definir uma nova sistemática entre o Executivo e os sindicatos, relação que estava rompida desde o início do Governo Confúcio.

“A troca no comando foi positiva. A PGE enfrentava uma certa crise interna e não conseguia falar a mesma língua, prejudicando de tabela, todos os servidores públicos em decorrência de entendimentos duvidosos à respeito de temas que comumente já eram pacificados pelo Governo”, lembrou o presidente do Sindsaúde, Caio Marin.

Na reunião que tiveram com os procuradores, os sindicalistas manifestaram preocupação e pediram a intervenção da PGE em assuntos relativos à mudança no Regime Jurídico de servidores de celetista para estatutário, processo que pode interferir, inclusive, na transposição desses servidores. Há ainda outras situações que precisam ser revistas como a questão dos Pareceres relativos ao pagamento de insalubridade, que estão engavetados na PGE desde 2009.

Estiveram na reunião, os representantes dos seguintes sindicatos: Sindsaúde (Saúde), Sinsepol (Polícia Civili), Sinjur (Judiciário), e Sindafisco (Auditores Fiscais).

http://www.tudorondonia.com.br/noticias/sindicalistas-visitam-novos-chefes-da-pge-e-cobram-mudancas-em-leis-estaduais,40059.shtml

Sintec:

Corrigindo informação da matéria. OSindafisco (Auditores Fiscais) não participaram desta reunião, mas o Sintec-RO representado por: Joy Luiz Monteiro (Presidente), Eliseu Godoy Bueno (Vice-Presidente) e Antonio Germano Soares Torres (Diretor Juridico).

fonte: SINTEC-RO

Publicado em Notícias gerais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *