Sindireceita defenderá em audiência pública aprovação da PEC 170/2012

A Comissão Especial destinada a avaliar e emitir parecer à PEC 170/2012, que garante proventos integrais aos servidores públicos federais que se aposentarem por invalidez, aprovou nesta quarta-feira, dia 19, requerimento para que o Sindireceita participe da próxima audiência pública que dará continuidade as discussões sobre tema. Na audiência a presidenta do Sindicato, Sílvia de Alencar, defenderá, mais uma vez, a aprovação urgente da proposta.

A inclusão da participação do Sindireceita no requerimento apresentado pelo deputado federal Policarpo (PT/DF) foi solicitada pelo deputado Ronaldo Nogueira (PTB/RS). O pedido foi encaminhado a Mesa da Comissão, discutido e aprovado pelos parlamentares. Ontem, o diretor de Assuntos Parlamentares do Sindireceita, Sérgio de Castro, acompanhou os trabalhos da Comissão na Câmara dos Deputados e atuou para que o Sindicato fosse convidado, novamente, a participar dos debates. Sérgio de Castro manteve contatos com parlamentares da Comissão e agradeceu, mais uma vez, a atuação do deputado Ronaldo Nogueira.

O relator da Comissão Especial, deputado Marçal Filho (PMDB/MS) ressaltou a importância da colaboração do Sindicato nos debates da Comissão Especial. “A participação dessas entidades, no caso o Sindireceita, só vem contribuir com as discussões dessa matéria na Comissão”, declarou

 

Audiência

Ontem, foram convidados para compor a mesa e explanar sobre a PEC da Isonomia, o secretário de Políticas Públicas da Previdência Social, Leonardo Rolim, o presidente da Associação Nacional dos Médicos Peritos da Previdência Social (ANMP), Jarbas Simas e o secretário geral da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (CONDSEF), Sérgio Ronaldo da Silva.

Na reunião da PEC 170/2012, a deputada federal, Andreia Zito (PSDB/PT), ressaltou a importância do encontro. “Como autora do projeto, tenho uma satisfação muito grande em discutir este assunto, buscando o benefício para o aposentado por invalidez. Há uma expectativa muito grande em torno da aprovação desta PEC. Esses servidores não se aposentam por que querem, e, também, não podem abrir mão desse dinheiro no momento em que mais precisam”, finalizou a deputada.

 

fonte: SINDIRECEITA

Publicado em Notícias gerais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *