UNIÃO DOS SERVIDORES FAZENDÁRIOS DE SÃO PAULO DERRUBA SECRETÁRIO INTRANSIGENTE

Servidores fazendários de São Paulo se unem em prol da valorização das carreiras típicas do Estado e do quadro permanente da SEFAZ, e derrotam gestão intransigente do Secretário Renato Villela

Os Técnicos da Fazenda Estadual estão em greve desde 11/07/2016 e os Agentes Fiscais de Rendas estão em Operação Padrão desde o primeiro semestre deste ano, ambos lutando pela valorização de suas carreiras. Tanto o movimento paredista, quanto a Operação Padrão foram deflagrados em virtude da intransigência e da falta de vontade e de tato para tratar da valorização das carreiras por parte do ex-¬secretário da Fazenda, o Sr Villela. No caso dos Técnicos da Fazenda Estadual sua falta de interesse foi ainda maior, pois não reconheceu uma promessa de reajuste feita por seu antecessor, Andrea Calabi em 2012, que era de reajustar a tabela de vencimentos (salário-¬base) em 44%, sendo que 23% seriam implantados em 2013 e 21% em 2014, o que não ocorreu até o momento.
Além disso, o Sr Villela não aceitou as propostas de valorização da carreira elaboradas em 2015, que compreende: o reestabelecimento do nível superior de escolaridade e a elaboração de um rol de atividades condizentes com as atividades diárias dos TEFEs nas unidades fazendárias do Estado de São Paulo. Sequer apresentou, ao longo de quinze meses de negociação, uma contraproposta para a nossa carreira. Paralelo ao movimento grevista, o SITESP deu início a atos de protesto e mobilizações contrárias às atitudes adotadas pela sua administração. Irmanando-se com os Técnicos, outras carreiras se juntaram aos atos de mobilização, a exemplo dos Agentes Fiscais de Rendas, Analistas de Planejamento e Orçamento, intensificando bastante as ações contra a postura do ex¬-secretário, contribuindo sobremaneira para sua a substituição. O novo Secretário, Dr. Hécio Tokeshi, tomou posse em 31/08 e no dia seguinte as carreiras fazendárias promoveram mais atos conjuntos de indignação, por acharem, mais uma vez, que sua indicação não atenderia aos interesses da sociedade e da Sefaz.
Exigimos e exigiremos sempre a saída imediata de dirigentes que não são dos quadros da Secretaria da Fazenda. O atual Coordenador Geral de Administração, Baptistella (Humberto Baptistella Filho), é Executivo Público aposentado da São Paulo Previdência e continua em exercício, bem como o Secretário Adjunto Yamazaki (Roberto Yoshikazu Yamazaki), Executivo Público aposentado da Secretaria de Meio Ambiente. Tais dirigentes têm promovido um verdadeiro “trem da alegria”, recontratando em cargos comissionados, no dia seguinte à publicação de aposentadoria, servidores que se aposentaram voluntariamente. Já passou da hora de moralizar a SEFAZ / SP e o SITESP coordenará essa moralização. Vem aí uma nova SEFAZ / SP, o órgão de excelência que todo contribuinte precisa e que nós, servidores públicos concursados, desejamos!!

Fonte: SITESP

Publicado em Notícias gerais.

1 Comentário

  1. Se desejamos um país melhor, com pessoas mais honestas e comprometidas com o bem estar e progresso, temos que começar com o nosso núcleo (trabalho, família, bairro).
    Vamos continuar na luta, pois acredito que nascemos em um País maravilhoso e vamos fazer nosso trabalho para melhorá-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *