Vice-presidente do Senado afirma que Governo trava a Reforma Tributária

Segundo o Vice-presidente do Senado, Veneziano Vital do Rego (MDB-PB), o Executivo tem travado a Reforma Tributária e impede o país de avançar na reformulação do seu complexo sistema tributário.

Na avaliação do senador, o Planalto poderia ter levado as mudanças adiante caso estivesse verdadeiramente interessado nelas. “O governo não demonstra o menor interesse. Ele trava, na verdade. Penso politicamente que, se o governo entendesse como prioritária a reforma tributária, essa matéria não teria tantos desgastes, principalmente tantas travas, como as que verificamos”, disse Veneziano ao Congresso em Foco Insider.

Roberto Rocha apresentou seu relatório no Senado em 05 de outubro, em ato que contou com a presença do Ministro da Economia, Paulo Guedes, e de secretários da pasta. Aliado do governo, o relator tem tentado convencer a equipe econômica da necessidade de se aprovar uma reforma ampla, como a proposta do ex-Deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), a PEC 110/2019, encampada pelo Senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), ex-presidente do Senado e atual presidente da CCJ. A PEC prevê a unificação da base tributária do consumo, com a criação de um Imposto sobre Valor Agregado (IVA).

Veneziano não acredita que o texto seja votado em plenário no próximo ano, nem dá como certa a votação na comissão.

A FEBRAFISCO e demais órgãos de representação das carreiras da Administração Tributária de todo o Brasil continuarão a defender a urgência de se aprovar a Reforma Tributária para a retomada do crescimento econômico no país e a promoção da justiça fiscal.

Publicado em Destaques, Notícias gerais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.